segunda-feira, 17 de julho de 2017

Caldas Novas e Rio Quente



Recesso de inverno em Brasília. Fomos visitar Caldas Novas e Rio Quente. Hospedamo-nos num apart hotel, utilizamos o parque aquático do clube ao lado, da mesma empresa que disponibiliza o serviço do apart e fizemos vários passeios.


Visitamos o Jardim Japonês, local onde os turistas costumam registrar fotos num cenário oriental.
Alguns guias turísticos registram fotografias e as entregam depois nos hotéis. No mesmo local está uma antiga casa colonial, sede de uma fazenda, com utensílios utilizados à época. Há também viveiros com aves - avestruzes e pavões. Os pavões são lindos, mas, durante nossa visita, foram os avestruzes que abriram suas penas como em leque.





Visitamos ainda o Parque Estadual Serra de Caldas, parque ecológico ao lado da cidade, que apresenta trilhas para caminhadas e observação de pássaros. Percorremos a Trilha do Paredão, entre as plantas do cerrado. Do alto, é possível observar uma vista da cidade de Caldas.
 Fomos ainda à cidade de Rio Quente, a 30 km de Caldas Novas. Ali se localiza o Hot Park, parque aquático que tem agora como principal atração a Praia do Cerrado, praia artificial com piscina de ondas. No dia em que lá estivemos, comemorava-se o 20º aniversário do parque e os turistas tiveram uma recepção especial, com personagens de desenhos animados tirando fotos com eles logo na entrada.






 Mais tarde, houve festa junto às antigas piscinas, no centro do parque. Meu neto aproveitou ainda os brinquedos radicais.
Gostamos bastante dessa visita, que marcou, a propósito, a semana de meu aniversário.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Apreciarei seu comentário.